A Argentina é o maior produtor de vinhos da América do Sul e o quinto a nível mundial, com mais de 210 mil hectares de vinhedos cultivados, grande diversidade de solos, climas e paisagens. Possui diferentes tipos de terroir e uma ampla diversidade de uvas cultivadas. A cada dia surgem novos projetos e regiões, com investimentos locais e do exterior. Atualmente, na maioria das províncias, existem cultivo e elaboração de vinhos.

A cepa Malbec dá origem a seu vinho mais emblemático, e isso é sabido por pessoas que apreciam vinhos em qualquer parte do mundo. Mas a Argentina é muito mais que Malbec.

Na  coluna Sommelier deste mês, Mario Leonardi fala sobre duas cepas que não são tão conhecidas fora do país e merecem detaque: a uva branca Torrontés, e a tinta Bonarda. Clique aqui  para ler mais sobre elas!


Comentários

Deixe seu comentário


Sobre o Bella Politica de Privacidade Política de Cancelamento Programa Afiliados Área do parceiro Edições Imprensa Contato RSS

Preencha o endereço de e-mail utilizado no seu cadastro para receber sua senha