As prostitutas de Copenhague, na Dinamarca, cidade sede da Conferência da ONU sobre Mudanças Climáticas, resolveram fazer um protesto incomum. Elas estão oferecendo “sexo grátis” aos conferencistas em resposta a panfletos distribuídos pela prefeitura.

Nos folhetos constam mensagens como "Pratique a sustentabilidade: Não pague pelo sexo" e foram distribuídos em hotéis, bares e restaurantes. Em contrapartida, as garotas decidiram fazer esta “promoção” que vai durar enquanto houver o evento (do dia 7 a 18 de dezembro). Como pagamento, as prostitutas vão aceitar os panfletos da prefeitura, contanto que o beneficiário comprove que é participante da COP 15.

O protesto das garotas é juridicamente legítimo, uma vez que a prostituição foi descriminalizada na Dinamarca em 1999.

Fonte: Portal Vírgula e G1



Comentários

Deixe seu comentário


Sobre o Bella Politica de Privacidade Política de Cancelamento Programa Afiliados Área do parceiro Imprensa Contato RSS

Preencha o endereço de e-mail utilizado no seu cadastro para receber sua senha