A verdade cruel de envelhecer – fora as artrites, cataratas e escleroses – é que quanto mais velho ficamos, mais difícil é ficar 36h seguidas bebendo sem sofrer uma debilitação física horrorosa.
Uma vez que você chega a uma certa idade, “diversão e farra de bêbados” é substituído por “apagar no chão às 10 da noite e acordar com uma ressaca que dura um dia e meio”, o que é uma bosta, sendo sutil. Para evitar que essa cena deplorável se repita, guarde com carinho essas dicas que vamos te dar e quem sabe seu 1º dia de 2010 não seja atormentado por uma ressaca infernal:

Beber mais do veneno
Você já ouviu falar que tomar mais uma a hora que acorda pode aliviar os sintomas da ressaca? É verdade. Beber um pouco mais pode aliviar a ressaca, da mesma forma que aliviou seus critérios às 4 da manhã. O sucesso deste “remédio” depende da sua náusea matinal, mas, se você conseguir chegar perto de álcool, um forte e apimentado Bloody Mary ou o mesmo drink da noite anterior pode ser o que você precisa para voltar a ser você.

Gengibre
O gengibre é usado há séculos por ninjas, guerreiros samurais e monges renegados no combate à náusea e indigestão. Siga os passos deles com chá de gengibre, balas de gengibre ou, se você não é menininha, coma um grande naco de raiz de gengibre assado.

Vitamina B
A devastação do álcool tira do corpo muitas das vitaminas essenciais, mas aquela que realmente faz falta na manhã seguinte é a vitamina B. Algumas pessoas juram que tomar complexo de vitamina B antes de dormir, junto com muita água, afasta os sintomas da ressaca. Pode não ser verdade, mas certamente não vai fazer mal.

Suco de fruta/ Gatorade/ Água
Qualquer coisa que substitua eletrólitos é apto a ajudar você a se recuperar de uma ressaca, já que beber muito desidrata você mais rápido do que correr uma maratona em um calor de 40º. Claro, suco de fruta e Gatorade não substituem água, então tome os dois para se recuperar mais rápido. Tomar litros de bebidas não-alcoolicas antes de dormir também é um bom preventivo para não passar a manhã seguinte vomitando em qualquer buraco.

Picles/ Sardinhas
Enquanto essas são coisas impensáveis de se comer quando se está de ressaca, eles são ricos em vitaminas e sais, duas coisas que seu corpo tem pouco algumas horas depois de beber que nem um louco. Talvez você seja o tipo de cara insano que acha apetitoso um banquete de pepinos e sardinhas, mas se você achou meio doentio só de ler, você deveria tentar!

Torrada/ Bolacha de água e sal/ Comida gordurosa
Torradas e bolachinhas são combatentes comuns de enjôo – lembra quando você ficou doente pra caramba na sexta série? – mas um grande e gorduroso café da manhã é também um método eficaz de absorver o excesso de bebida que seu corpo ainda não metabolizou devidamente durante a noite. Algumas boas opções são omeletes e restos de pizza. Só tome cuidado para comer devagar e não ficar pior. Vomitar é muito menos divertido quando envolve a comida que você acabou de comer pra evitar que vomitasse. O que nos lembra:

Golfar
Há momentos na vida alcoólica de todo homem em que ele tem que idolatrar o Rei Porcelana doando tudo aquilo que não lembra que tinha colocado para dentro do estômago. Não é agradável, mas às vezes é a única maneira de se livrar do mal-estar. Você agradecerá depois... possivelmente.

Dormir
São poucas as coisas que uma boa dormida não cura (tipo... morte? Dormir provavelmente cura tudo) e ressacas não são uma dessas. Se você tem o luxo do tempo, ou seu próprio escritório, sua melhor aposta é se hidratar muito e uma dormida épica. Você acordará um novo homem! Pronto pra encher a cara de novo.

Fonte: MadeMan.com


Comentários

Deixe seu comentário


Sobre o Bella Politica de Privacidade Política de Cancelamento Programa Afiliados Área do parceiro Imprensa Contato RSS

Preencha o endereço de e-mail utilizado no seu cadastro para receber sua senha