O-que-e-cuckold
Esse nome é novo para você? Pois saiba que esse é um dos fetiches mais procurados por homens. Segundo o Sexlog, a tara por Cuckold foi uma das mais pesquisadas no site por homens, ficando em primeiro lugar nas pesquisas feitas por homens do Sul e Sudeste.

Mas porque dentre tantos fetiches inovadores esse é um dos menos comentados pelas pessoas? O cuckold é polêmico e exige cuidado em todos os aspectos. Vamos te mostrar tudo o que você tem que ficar de olho se quiser tentar a prática e explicar direitinho o que isso quer dizer.

O que é cuckold?

Bom, como para bom entendedor meia palavra basta, cuckold nada mais é do que sentir prazer ao ser corno. É, isso mesmo. O termo é uma adaptação do inglês cuckoo (o pássaro cuco) que, na natureza, aceita receber em seu ninho uma fêmea que vá botar ovos de outro macho. Então se você está em uma relação e sente prazer (e não é não se importar ou achar legal ter um relacionamento aberto, é sentir prazer mesmo) em saber, ver ou ouvir a parceira tendo relações com outra pessoa, você curte o cuckold.

Como funciona?

Você deve estar se perguntando como isso funciona. Como todo fetiche existem milhares de formas e cada casal encontra a que achar melhor para o bem-estar dos dois. Algumas das maneiras de praticar o cuckold são:

  • Sua parceira sai para encontrar um amante e, ao chegar, te conta os detalhes.
  • A mulher volta para casa com um acompanhante, enquanto o parceiro fica no quarto ao lado escutando toda a ação.
  • A mulher sai para encontrar o outro cara e grava o ato, para ser exibido para o parceiro ao chegar em casa.
  • O bom e velho voyeurismo em que o parceiro fica só observando a relação sexual entre a parceira e o amante.
  • O parceiro participa da transa, alternando momentos de atividade e de voyeurismo.

 

Dicas

Se pra você não é fácil nem se quer pensar na parceira com outro cara, desencana que o cuckold não é pra você. E sim, ele não é para muitos. Lembre-se que nesses casos é mais do que importante ter uma relação de muita sinceridade, já que se for o caso existe uma relação séria por trás da prática. Se está a fim de testar, converse e vá com calma. Regras também sempre caem bem nesse tipo de fetiche. Por exemplo: vai rolar penetração ou você quer saber de todos os detalhes. E nunca é tarde para lembrar: qualquer coisa que envolva sexo tem que ser muito bem conversado e ter o consentimento das duas partes. Se está bom só para um, não rola.

Fonte: Testosterona 

 

Comentários

Ricardo Silvino de Matos escreveu em 21/08/2018
Realmente esses homens são mais machos do que eu, pois sentir prazer em saber que sua parceira sai pra tansar com outros caras!!!
Marcos escreveu em 21/08/2018
Hahahahaha que coisa... essa é nova pra mim. Tô fora!

Deixe seu comentário


Sobre o Bella Politica de Privacidade Política de Cancelamento Programa Afiliados Área do parceiro Edições Imprensa Contato RSS

Preencha o endereço de e-mail utilizado no seu cadastro para receber sua senha