Allam Khodair faz manobra ousada para assumir liderança e vencer etapa de Curitiba


Foi mais um fim de semana de boas corridas pelo mundo. O mundo da velocidade nos brindou neste final de semana com dois bons destaques. Um vindo dos Estados Unidos e o outro aqui mesmo do Brasil.

Stock Car

Em Curitiba aconteceu a segunda etapa do Campeonato Brasileiro de Stock Car, que teve vitória do endiabrado paulista Allam Khodair. O piloto conquistou sua terceira vitória na categoria após uma ultrapassagem sobre seu próprio companheiro de equipe Marcos Gomes, logo na terceira volta. Isso o permitiu ser muito mais rápido que todos os outros rivais e abrir bastante vantagem durante as 30 voltas restantes da prova. Completaram o pódio os paulistas Ricardo Maurício e Nonô Figueiredo. A liderança do principal campeonato do automobilismo brasileiro está nas mãos de Max Wilson, que tem 39 pontos, seguido por Nonô Figueiredo, com 32, e Átila Abreu, com 29. O vencedor deste fim de semana é o quarto colocado, com 25 pontos.

A próxima etapa da Stock Car é dia 2 de maio, no novíssimo autódromo de Velopark,  em Santa Rita (RS), que estreia como um dos mais modernos do país.

Na categoria de acesso à Stock Car, a Copa Montana, o atual campeão Julio Campos foi o vencedor da etapa de Curitiba, que marcou a estreia do campeonato. Tudo isso após o líder Eduardo Leite enfrentar um problema com um pneu furado, o que permitiu que Campos assumisse a liderança para não mais perder. A participação especial nessa etapa foi de Nelsinho Piquet, ex-piloto da Renault na Fórmula-1, que chegou em segundo lugar sem nunca ter guiado um carro da categoria. Diogo Pachenki fechou o pódio.

Fórmula Indy



Helinho comemora a vitória conquistada na Fórmula Indy
(Ron McQuenney - Reprodução)


Nos Estados Unidos, no estado do Alabama, a estratégia permitiu que Hélio Castro-Neves conquistasse a primeira vitória brasileira nesta atual temporada da Fórmula Indy e acabasse com o domínio de seu companheiro de equipe Will Power, que havia vencido as duas primeiras etapas (São Paulo e St. Petersburg).

O "Homem Aranha", como é conhecido nos Estados Unidos, por comemorar suas vitórias subindo no alambrado, poupou combustível durante boa parte da prova para que, ao final de 90 voltas, conseguisse uma parada a menos nos boxes.

Após uma rodada de Takuma Sato, a bandeira amarela fez com que apenas Hélio e Marco Andretti não parassem nos boxes. Mas Andretti ainda teve de parar quatro voltas antes do brasileiro, o que o permitiu ir até o fim da prova. Quem seguiu a estratégia de Hélio foi o neozelandês Scott Dixon e o escocês Dario Franchitti, e o resultado é que chegaram em segundo e terceiro, respectivamente.

Entre os outros brasileiros, Tont Kanaan foi o 8º, Mário Moraes o 13º, Raphael Matos o 14º, Vítor Meira o 18º e Mário Romancini o 22º.

Fórmula-1 e prêmios

No próximo fim de semana ocorre a quarta etapa do mundial de Fórmula-1. É o Grande Prêmio da China.

É muito simples, Sebastian Vettel dominou todas as provas até aqui, mas só venceu uma; Felipe Massa é líder do mundial; Fernando Alonso está louco para tomar posição de Massa e Lewis Hamilton está em ótima forma.

Participe da promoção!

Vou sortear um DVD entre os seguidores do meu Twitter (www.twitter.com/CarlosGarcia) que acertarem quem será o vencedor do Grande Prêmio da China.

Pois que assim seja, me mande uma mensagem no Twitter e, se você acertar a resposta, pode faturar. Junto com o seu palpite, inclua a tag #bella

Uma ótima semana a todos.



Comentários

Deixe seu comentário


Sobre o Bella Politica de Privacidade Política de Cancelamento Programa Afiliados Área do parceiro Imprensa Contato RSS

Preencha o endereço de e-mail utilizado no seu cadastro para receber sua senha