conheça-os-15-melhores-uisques-whiskys-do-mundo-bella-da-semana
Se você gosta de apreciar um bom destilado de malte, sabe que existem muitos rótulos com métodos de fabricação diferentes, maturação, estilos e ingredientes dos mais diversos. Escolher o melhor whisky é uma tarefa árdua. Para te ajudar nesta seleção, contamos com a ajuda de especialistas, premiações no planeta todo e degustações por aí afora e montamos uma lista de peso com os melhores whisky do mundo. Confira a seleção e nos conte: quantos desses rótulos você ainda não experimentou?

JACK DANIELS
jack-daniels
Facilmente reconhecido pela sua garrafa quadrangular de rótulo preto, é um dos whiskys mais vendidos no mundo. Entre os whiskeys, é classificado como um Tennessee Whiskey, devido ao processo de destilação bem diferenciado. Jack Daniel’s oferece um sabor e cor mais amadeirados.

JOHNNIE WALKER BLUE LABEL

Blue-Label
Lançados em 1909 por netos de John Walker, este whisky é produzido com uma seleção de mais de 35 maltes na sua composição. O destaque fica por conta dos raros whiskies escoceses que são usados na composição do rótulo.

Entre suas características mais marcantes, está seu aroma doce amadeirado, com notas de cravo-da-índia e mel. Apesar de ser o rótulo mais caro desta lista, vale a pena o investimento.

MACALLAN RUBY
macallan-ruby

Este rótulo faz parte da série 1824, um dos mais nobres e melhores single malts do planeta. O Macallan Ruby é um whisky maduro, com notas de frutas secas e cítricas. O carvalho espanhol é nítido no aroma.

Em seu sabor, notas de gengibre, noz-moscada, laranja e uva passa. Uma pitada de cravo. O final deste whisky vermelho rubi é longo, persistente e reflexivo.

MAKER’S MARK
makers-mark

Este whiskey é o único Bourbon artesanal do mundo. Seu grande diferencial é não possuir centeio na sua formulação, no lugar trigo doce e vermelho de inverno, milho e cevada, conferem a este bourbon um sabor suave e menos picante que os demais norte-americanos.

Produzidos em lotes individuais que não ultrapassam 19 barris, seu processo de produção é de baixa escala. Anualmente, são cerca de 600 mil caixas. O Maker’s Mark é selado com uma cera vermelha em cima da rolha

THE GLENLIVET 12 ANOS
the-glenlivet

Não é atoa que o Glenlivet é o single malt mais vendido nos Estados Unidos, e o segundo mais vendido no mundo, apenas atrás do Glenfiddich. Maturado por no mínimo doze anos em barricas de carvalho americano que antes contiveram bourbon whiskey, é um clássico single malt.

Seu aroma é frutado e o sabor adocicado, com notas de abacaxi, pera, baunilha e mel no sabor residual. É leve e agradável, que não demanda qualquer esforço para ser bebido.

JAMESON

Este é o whisky irlandês mais vendido do mundo, e é produzido desde 1780. Seu processo de produção inclui algumas características diferentes da produção do scotch mais conhecida: ele mistura dois tipos de cevada. Como resultado seu sabor é mais adocicado, o Jameson Original é envelhecido em barris que já abrigaram bebidas mais doces, como o vinho do porto. O resultado é um produto com notas de baunilha, carvalho e mel.

WILD TURKEY RARE BREED

O destilado de Kentucky não contém corante e é envelhecido em barris de carvalho virgem, que resultam em um sabor mais marcante e encorpado. O especialista na bebida e autor da Bíblia do Whisky considera esta versão, Wild Turkey Rare Breed, como um dos melhores Bourbons já produzidos.

CHIVAS REGAL 18 ANOS

O Master Blender da família Chivas, criado por Colin Scott, é um destilado complexo e macio da região dos whiskies florais e frutados da escócia. Feito com maltes envelhecidos por, no mínimo, 18 anos, tem um leve toque de defumação ao final.

FAMOUS GROUSE

Produzido a partir de uma combinação de maltes e Grain Whiskies, este Whisky é composto por alguns dos maltes mais conhecidos do mundo como o Macallan e Highland Park e envelhecido em tonéis de carvalho por 8 anos, no mínimo.

Um dos mais consumidos na Escócia, o Famous Grouse possui um excelente custo-benefício. Com um toque de frutas secas, baunilha e caramelo.

KAVALAN SOLIST VINHO BARRIQUE

Produzido pela destilaria taiwanesa Kavalan, ele foi eleito pela World Whiskies Awards, como o melhor whisky do mundo em 2015. Os jurados do evento descreveram o single malt como uma bebida ‘surpreendentemente suave ao paladar’, mas com o ‘álcool bastante presente’ (impressionantes 58,5%). Alguns resumiram o rótulo como um ‘bourbon infundido com leite ao chocolate’.

O grande segredo da bebida é o envelhecimento em barris de carvalho que guardam vinhos brancos e tintos no passado. Seu preço, em sites estrangeiros, é em média de 80 libras (cerca de R$ 426).

BALLANTINES FINEST

Esta marca se popularizou com sua entrada no mercado norte-americano depois do fim da lei seca, em 1933, mas foi em 1919 que surgiu o Ballantine’s Finest.

Elaborado com a união de mais de 50 diferentes maltes – cujos mais marcantes são Miltonduff e Glenburgie – suas notas predominantes são de chocolate, maçã e baunilha.

BUSHMILLS 10 ANOS
O mais famoso whisky single malt da Irlanda. O Bushmills 10 Anos é envelhecido parcialmente em barris de carvalho americano, que antigamente continham bourbon e, outra parte menor, em barris de carvalho espanhol que antigamente continham Xerez.

Possui um leve toque floral e de baunilha, aroma de uvas e mel.

YAMAZAKI 12 ANOS
Fundada em 1923, a Yamazaki é a destilaria mais antiga do Japão. E seu Whisky 12 anos é o single malt número 1 em vendas do Japão.

Ligeiramente frutado, com toques de laranja, baunilha e madeira. Final longo.

O Yamazaki 12 anos já recebeu quatro medalhas de ouro como melhor whisky, inclusive o Yamazaki Single Malt Sherry Cask 2013 foi eleito o melhor whisky do mundo em 2014.

CANADIAN CLUB
O whisky Canadian Club foi uma das principais marcas contrabandeadas no período da Lei Seca americana, nas décadas de 1920 e 1930.

Com 6 anos de idade, o Canadian Club tem aromas de baunilha e caramelo. Levemente apimentado e toques de madeira.

GLENMORANGIE EALANTA

A Glenmorangie é uma destilaria escocesa que possui os alambiques mais altos do país, com 5,14 metros de altura. Com isso, somente os vapores mais puros e leves são expelidos em seu processo de destilação.

O rótulo single malt de 19 anos amadurecido em barricas virgens de carvalho branco americano foi eleito o melhor whisky do mundo em 2013, pelo Jim Murray’s na publicação Bíblia do Whisky.


Comentários

Assinante Marco Antonio escreveu em 30/09/2018
Ótima lista

Deixe seu comentário


Sobre o Bella Politica de Privacidade Política de Cancelamento Programa Afiliados Área do parceiro Edições Imprensa Contato RSS

Preencha o endereço de e-mail utilizado no seu cadastro para receber sua senha