banner

créditos: Bella da Semana

Fofoquinhas de San Francisco

-    Alo?
-    Ste? Oi, Sissi!
-    Guria, quanto tempo!! Não te vejo desde o final do ano passado.
-    Então, saudade! Andei sabendo da tua viagem pro Havaí através da coluna!! Não acreditei... Dispensar o "homem das neves" tudo bem, mas trocou de time??
-    Ai, amiga, tu sabes que eu nunca gostei de limitar minhas opções, né?
-    Sim, mas a gente não se falou mais e na coluna ficou subentendido que continua rolando...
-    Hahahahaha! Por e-mail, sim, mas se eu não acredito em relacionamentos monógamos com homens, por que teria um com uma mulher?
-    Tem razão... Ta, mas e aí? O que mais rolou?
-    Ai, guria, as loucuras de sempre. Acabei arrumando um salva-vidas de Pipeline pra me mostrar o North Shore.
-    Hahahahahaha! Tu não tem jeito, mulher?
-    Ai, tinha, né? Tudo de bom!!! Pé grande, mão grande... Tudo grande!!!
-    Hahahahaha! Que beleza! E com esse tu ficaste até o final da viagem, suponho...
-    Bom... até o final da viagem do Havaí, sim...Mas depois eu dei uma passada por San Fran, te falei, não?
-    Ai, e mesmo!! Ta, e aí?
-    Aí que foi muito engraçado, como sempre. Aprontei todas e mais algumas... Conheci um nova iorquino muito lindo no avião.
-    Ihhh, já vi tudo!
-    Amiga, ainda não contei da missa a metade...  Mas claro que me diverti muito já na primeira noite. Fomos jantar, depois fomos pra um barzinho, depois pro hotel dele... Isso tudo direto do aeroporto, quase perdi a reserva do meu hotel...
-    Sua doida!
-    Nem a metade da missa, honey!
-    Amen!
-    Consegui um hotel albergue a duas quadras da Union Square que foi um sucesso total. Fiquei num quarto só pra mim, mas no hotel tinha gente do mundo todo, bem esquema de albergue, bem legal!
-    Ta, ta, quero os detalhes sórdidos!!!
-    Então, primeira noite conheci um judeu. Eu já tava acostumada com os "sem capinha" a essas alturas, dois americanos no Havaí, outro em San Francisco... Mas um judeuzinho tem sempre aquela coisa de escolhido, prometido, essa coisas... Adoro!!!
-    Shalom!
-    Então... mas tu acreditas que ele era bonzinho??? Ficou de papinho, todo apaixonado, queria passear comigo no dia seguinte...
-    Ai, que amor!
-    Amor nada!! Saco!!! Eu louca pra celebrar um Rosh ha-Shana e ele com Shabat??? Não deu, né?
-    Ste!!! Não acredito.
-    Ai, amiga, muito bonitinho, muito queridinho, mas antes que eu me esqueça: aquele abraço!
-    E...
-    La fui eu pra cama sozinha... No meio de uma viagem, acreditas??
-    Putz!
-    Mas espera, fica pior! Tinha um casal no quarto do lado do meu bombando, derrubando as paredes do hotel!!!
-    Hahahahahahahaha! Nada mais irônico...
-    E eu, entre a humilhação de estar ali sozinha e o medo de o hotel cair, quase desci e catei o recepcionista belga com cara de viadinho...
-    Pegou???
-    Não, consegui me conter... mil mantras... nem dormi...
-    E aí?
-    Aí que no outro dia fui à forra: Brasil 1 x 0 Suecia.
-    Ai, adoro suequinhos...
-    E quem não adora, honey bunny? E depois de uma noite sozinha, achei que eu merecia...
-    Claro! Loiro? Giga? Detalhes, amiga!
-    Inteirinho cor de mel... Inteirinho... 1,91 de geléia real... grande, lindo, inteligente... policial!!!
-    Que?? Um policial sueco??? Depois de um salva-vidas havaiano?
-    Amiga, tas esquecendo do judeu sabático no meio! Eu merecia me tratar!
-    E o nova iorquino?
-    O nova iorquino era consultor da Mac, me mandou um i-phone, mas nada que entre pro "hall of fame" como um policial sueco. Parece coisa de filme pornô, né?
-    Tem razão... Ta, mas continua. Tem mais?
-    Claro... Terceira noite, achei que ainda merecia me tratar... Passei pro amigo do suequinho.
-    O amigo???
-    Mmmmm... na verdade... os dois!
-    Que???
-    Eu não podia perder a chance, podia?
-    Não acredito!
-    Sissi, sou eu! É o mínimo...
-    Ta, tem razão.
-    E aí?
-    Bom, Magnus Morten = Ste rainha da Suécia. Brasil 2 x 0 Suécia. O casal do quarto do lado deve ter pensado em ir dormir na escada de incêndio. Missão cumprida.
-    Doida!!! Fizeste alguma outra coisa lá - alem de sexo?
-    Ah, passeei, fui ao Fisherman`s Wharf, a Golden Gate, a Haight Ashbury... Mas vamos às partes interessantes: última noite, galera do albergue toda reunida, alugamos uma limusine, enchemos o bar e fomos ver todos os pontos turísticos by night. Bárbaro!!
-    Ai, que delícia!
-    Minha despedida, depois da conquista da Suécia, tinha que fechar em grande estilo: pirralhinho mestiço!
-    Mestiço de que?
-    Japa e brazuca.
-    Japa??? Tu não perdoas...
-    Eu não limito...
-    Bonitinho???
-    Inho?? Inho??? 24 aninhos muito descolados entre Tókio, Nova Iorque e Rio. E já que estou contando aventuras vividas em território Ianque, vou usar mais uma expressão: hand job na limosine. Com todo mundo dentro.
-    Que???
-    Deixamos a galera de volta no albergue, pagamos o motorista por mais 2 horas e transformamos a limo num clube de sado-masoquismo.
-    Como assim???
-    Ele tirou o cinto, prendeu minhas mãos no trinco da porta e me levou pra outro passeio...
-    Onde?
-    Sodoma e Gomorra!!! Hahahahahahaha!
-    Hahahahaha!
-    Preciso admitir que me incomoda um pouco ser dominada por um pirralho... Mas ele mereceu. Ah, e tinha vela na limo!!!
-    Como vela? Pra quê vela?
-    Sim... cera de vela... Ele fez um T com cera nas minhas costas...
-    Ai, que dor!!! T de que? De Tesão?
-    Tero, o nome dele... E dor nada! Quer dizer... até dói, acho... Mas é difícil explicar... Dor e prazer são dois sentimentos tão antagônicos e ao mesmo tempo tão... paralelos. Sei lá. Mas não tas achando que eu fiquei lá só sentadinha, né?
-    Ai, céus... não sei se to preparada pra ouvir...
-    Escapei do cinto, joguei ele no chão e... bem, eu tava de botas... a essas alturas só de botas. Abri o teto solar e fui gritando seios ao vento, claro enquanto pisava nele todinho. O povo de San Frans é super receptivo, adoraram o show!
-    Ah, jura?
-    Mas acho que o Japa gostou mais.
-    Imagino que sim.
-    Voltamos pro meu quarto e passamos o resto da noite bebendo, rindo e... curtindo (se é que você me entende)... até de manha!
-    E aí??
-    Aí que meio dia eu tinha um vôo de volta pro Brasil: Ressaca zero de sono gripe bizarra por conta passeio de "peito aberto" na friaca de janeiro em San Francisco = soninho revitalizante no avião.
-    Sua maluca!
-    Pois é, não nego... Já to precisando viajar de novo. Quer ir comigo??
-    To arrumando a mala.
-    Hahahaha, beijo!
-    Beijo! 

Stephany


Sobre o Bella Politica de Privacidade Política de Cancelamento Programa Afiliados Área do parceiro Imprensa Contato RSS

Preencha o endereço de e-mail utilizado no seu cadastro para receber sua senha