banner

créditos: Bella da Semana

Sexo, vinho e hortelã.

Semana passada fui a uma festa clássica! Aniversário de um amigo meu, o Silvinho, dono de um bar muito cool aqui em Florianópolis. A festa, como eu já imaginava, foi tão Coll quanto o aniversariante - cheia de gente legal, muita gente conhecida, champagne suficiente pra tomar banho, aquelas coisas... Como dizia o Jeba, outro amigo nosso, durante a festa: "Quando essas bolhinhas subirem à cabeça essa festa vai explodir". Não podia estar mais certo. A festa bombou de gala! Gente famosa assumindo os vocais, figurões dançando como se estivessem na Sapucaí (outra excelente pérola do Jeba). Ste não podia deixar por menos: comeu o aniversariante no banheiro! Hahaha! Nem sei direito como rolou - afinal as bolhinhas também tomaram conta da minha cabeça - só sei que quando vi estava no banheiro com ele e rolou aquela rapidinha show de bola. Normalmente não transo amigos, mas fui obrigada a abrir uma exceção nesse caso 9ele é uma graça!). Final de festa, indo embora, ele chega de mansinho e me convida pra dormir lá, mas achei melhor não. Sexo no banheiro é excelente, mas essas coisas mais românticas de dormir na mesma cama já não são muito comigo. Semana rolando, quarta ele me liga pra jantar. Mas eu tava ocupada e também achei melhor não. Essas coisas de prolongar, ainda mais com amigo, não é comigo. Sexta, mensagem. Ignoro. Sábado ele liga de novo. Outra desculpa. Domingo, mensagem de novo. Como não sou de ferro, marco pra segunda. Ele me recebe com excelente música, vinho maravilhoso, já começando a cozinhar. Massa com frango e hortelã, cheiro maravilhoso, papo excelente, nada menos do que eu esperava. Papo vai, papo vem, risadinhas, queijinho na boquinha... bum: agarramento na cozinha. Mal dá tempo de ele desligar o fogo e eu já to viradinha de costas pra ele, mãozinha apoiada no balcão, bundinha arrebitada - obviamente de vestido, sempre providencial - e ele desenrolando minha calcinha pelas pernas devagarzinho enquanto me beijava, me lambia... De repente ele sobe, dá um tapinha na bundinha ali virada pra ele, levanta a minha perna esquerda, apóia no balcão e entra. Na verdade, o efeito champagne me impossibilitava de lembrar do diferencial do Silvinho - além da pegada maravilhosa, muuuuuuuuuuuuuito bem dotado! Menos de 5 minutos depois estamos os dois gritando loucamente na cozinha. Algumas risadas e beijinhos depois, ele volta a cozinhar. Comemos o maravilhoso frango com massinha oriental e vamos a sobremesa - agora no quarto, mas não menos emocionante: sorvete com nutella é uma sobremesa deliciosa, ainda mais se servida em peitinhos tenros de biquinhos arrepiados - naturais, é claro! O umbigo é um lugar excelente pra cereja! A sobremesa foi um pouco mais longa que o jantar. Lá pelas 3 da manhã eu saí de lá com a barriguinha cheia e o resto do corpinho tão satisfeito quanto.

Stephany


Sobre o Bella Politica de Privacidade Política de Cancelamento Programa Afiliados Área do parceiro Imprensa Contato RSS

Preencha o endereço de e-mail utilizado no seu cadastro para receber sua senha