créditos: Bella da Semana

Surpresa de Aniversário

Amo fazer aniversário! Tem gente que fica deprimida, se achando velho, se achando isso ou aquilo... Eu amo! É o meu dia e eu sempre aproveito. Esse ano em especial: pra coroar minha viagem, minhas melhores amigas, Tita e Didi, vêm comemorar comigo aqui na Europa. A Mari worhaholic também vinha, mas vai ter que ficar trabalhando, pra variar... Enquanto isso as três mosqueteiras vão - sem Dartanhã - meter o terror em Ibiza. Mas a melhor parte é que elas me disseram que têm uma surpresa pra mim. As surpresas delas são as melhores, não consigo nem respirar de ansiedade! Encontrei as duas figuras no Charles de Gaulle pra gente embarcar direto pra lá. Mas a surpresa começou aí: só foi o tempo de me abraçar, dar parabéns e já vendaram meus olhos. Percebi que passamos pelo balcão da Air France pra cancelar minha passagem e continuamos andando. Pra onde é que essas malucas vão me levar, maravilhoso Jah? Alguém no embarque fez rolo de me deixar embarcar vendada, mas as duas fizeram, aconteceram e conseguiram convencer o pessoal das Linhas Aéreas do lugar da surpresa me deixar embarcar vendada. Já embarcando começou a me dar agonia: "Vocês não vão me deixar vendada a viagem toda, né?" "Quietinha aí, Ste! Quando for a hora a gente tira". Dentro do avião, as pessoas devem ter ficado intrigadas de ver duas gostosas de mãos dadas com uma terceira gostosa de venda... Assim que a gente sentou, elas desamarraram a venda e gritaram: "Surpresa!!!!" Pela cara de japinha bronzeado do comissário comecei a suspeitar de alguma coisa, mas só tive certeza quando vi o nome da Companhia: Thai Airways. Ahhhhhhhhhhhhhhhhh! Não acreditei! É demais pro meu coraçãozinho! As gurias são demais mesmo! De Bancoc pra Phuket, direto pra praia! Loucura não começa a definir as três loucamente soltas na Tailândia. Mil drinks na praia, falando besteira e ficando mega bronzeadas o dia todo pra enlouquecer numa festa que uma delas já planejou pra noite. O hotel é maravilhoso e tem uma boate que é tudo, a galera vai de biquini e canga por cima, tamo nessa! Turista pra todo lado, meia dúzia de tailandeses simpaticíssimos e muita cana na cabeça: melhor estraga. Oops! Fica melhor! E não estraga! Sueco liiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiindo perto do bar. Mostro pras duas. A opinião é unânime. Liiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiindo! Todo douradinho, sem camisa, de chinelo: liiiiiiiiiiiiiiiiindo! Não temos outra alternativa: vamos ter que dividir. Apareço primeiro pra ele no bar e começamos a conversar - muito difícil lembrar precisamente do teor da conversa devido ao altíssimo teor alcoólico do drink na minha mão (principalmente considerando que não era o primeiro). Mas lembro do sorriso quando eu disse que era brasileira. Em seguida chegou a Titã, morenaça, muito gostosa. Ele começou a ficar todo animadinho. Até que chega mais uma loira, a Didi, bronzeadíssima, uma delícia. Nessas alturas o sueco já está provavelmente achando que colocaram alguma coisa na bebida dele e que isso é alucinação. Mas a melhor parte é lembrar da carinha de assustado dele quando eu chego no ouvido dele e o convido pro nosso quarto. Ele desacreditou! Mas foi. O bangalô era lindo e a gente tinha pedido decoração de lua de mel pra noite - o que quer dizer que tava coberto de velas por todos os lados, com a jacuzzi devidamente cheia e coberta de pétalas de rosas. O ambiente tava tão alucinante - literalmente, parecia uma alucinação - quanto a situação. Deitamos o suequinho na cama - não tem jeito, não consigo lembrar o nome dele - e começamos a nos divertir: Eu comecei com uma massagem tailandesa, claro. As gurias ficaram deitadinhas ao lado dele enquanto eu tirava meu biquíni sem pressa e passava o famoso olhinho de pitanga que ta sempre comigo, por todo o meu corpo, deixando bem lambuzado. Comecei a massagem, bem devagarinho. A Didi não agüentou e me deu um super beijo na boca. O suequinho ali parado, completamente sem saber o que fazer. Não tinha problema, a gente sabia. Comecei a fazer massagem nas meninas também. Uma delícia! Amo minhas amigas! Nesse ponto ele entra em ação. Nos divertimos de todas as maneiras possíveis e imagináveis (acho que até inimagináveis pra alguns) a noite todinha. Acordamos os três juntos naquela camona imensa, pedimos café da manhã no quarto e brincamos mais um pouquinho. Depois delicadamente dispensamos o douradinho pra ir pra praia. Já na praia, à chegada do primeiro de muitos drinks do dia, o brinde ao meu aniversário. È... Acho que vamos ficar mais uns dias por aqui. Definitivamente.

Stephany


Sobre o Bella Politica de Privacidade Política de Cancelamento Programa Afiliados Área do parceiro Imprensa Contato RSS

Preencha o endereço de e-mail utilizado no seu cadastro para receber sua senha