créditos: Bella da Semana

Visite o dentista regularmente Visite o dentista regularmente

Às vezes é bom ter um trabalho onde não se tem horários regulares... Podemos fazer tudo o que os outros não podem no meio do dia. Eu, por exemplo, posso ir à praia, pegar cinema, fazer qualquer coisa que eu quiser. O problema são dias como hoje: está chovendo, frio e eu já vi todos os filmes que estão em cartaz! Isso me dá um tédio... e tédio me dá uma vontade de fazer sexo... e o problema é que todo homem que eu conheço está trabalhando agora e vão estar trabalhando hoje à tarde. Mmm, a gente pode sempre ser criativa! - Trimmmmm! - Por favor, eu gostaria de marcar uma consulta com o Dr. Guilherme. - Pois não, pra que dia a senhora desejaria a sua consulta? - Na verdade é uma espécie de emergência, precisaria ser pra hoje à tarde mesmo... - Certamente, senhora. Que tipo de emergência, senhora? - Bem, na verdade gostaria de manter uma certa descrição. - Entendo, senhora. Sua consulta está marcada para hoje, às 15 horas. E agora? Que roupinha ultra-sexy devo usar para ir ao dentista? Mmm, lingerie de oncinha, casaco, botas... ah! Quase esqueci das gotinhas de Channel nº 5! Pouco tempo depois, eu adentrava o consultório do meu velho amigo de colégio, o DR. Guilherme, em renomado ortodontista. Tivemos um affair que sobreviveu ao longo noivado do doutorzinho, mas desde que ele se casara eu -resquícios de algum escrúpulo - não atendi mais aos seus telefonemas e desesperadas short messages. Pode-se tentar, portanto, imaginar a cara de espanto do meu ex coleguinha de colégio ao me ver adentrar, poderosíssima, no seu monótono local de trabalho. Ah, e é claro, anunciada pela secretária como a paciente das 15 hrs. O que foi absolutamente inimaginável e quase que indescritível foi a expressão do Gui quando eu tirei o casaco e me sentei na cadeira, de lingerie de oncinha e botas, com um bocão bem aberto. Ele não sabia se me examinava, se gaguejava ou se pulava em cima de mim. Felizmente, optou pela última das alternativas. Não tínhamos muito tempo, afinal, pra todos os efeitos eu era uma paciente qualquer. E ele sempre soube como não perder tempo: Rasgou minha lingerie com a boca, enquanto alternava mordidas, beijinhos e lambidas por cada centímetro do meu corpo. Tive que fazer um esforço sobre-humano pra não gritar e acabar assustando o "aborrescente" que aguardava, na sala de espera, pra ajustar o aparelho. Gui deveria ser realmente um ótimo dentista porque sabia muito bem como usar todos aqueles aparelhinhos - desde o espelhinho até o jatinho d´água. Que proflaxia! Cerca de 45 minutos depois saio eu da sala, com toda a cara de pau que Deus me deu, só de casaco e botas (parte da lingerie rasgada na bolsa, a outra parte ficou com ele de recordação), cumprimentando a secretária e pedindo desculpas ao taradinho - mirim que me olhava como se eu fosse o último lançamento da playstation. É, pensando bem, acho que sempre consigo pensar numa coisa pra fazer no meio da tarde...

Stephany


Sobre o Bella Politica de Privacidade Política de Cancelamento Programa Afiliados Área do parceiro Imprensa Contato RSS

Preencha o endereço de e-mail utilizado no seu cadastro para receber sua senha