créditos: Getty Images

Tailândia

Ao ter o nome traduzido para o inglês, Prathet Thai passou a se chamar Thailand, e daí, em português, Tailândia. História e lugares paradisíacos se fundem a uma geografia ao sul do continente, rodeados por diversos países (Laos, Myanmar, Camboja e Malásia) e, consequentemente, diversas culturas (ainda que as mais influentes sejam as da Índia e da China).

Justamente por sua localização geográfica é preciso tomar cuidado ao escolher a época do ano para viajar para lá. Mesmo que sempre calor, as temperaturas são mais altas entre março e maio, enquanto fortes chuvam caem sobre o país de junho a outubro.

Nos últimos anos o setor turístico sofreu modificações marcantes, e a oferta de atrações turísticas e hospedagem cresceu muito. A Tailândia é um país onde é possível se sentir seguro e a comunicação em inglês é bastante abrangente. Outro ponto positivo é a receptividade dos moradores locais, que acolhem os visitantes com um sorriso no rosto e muita simpatia.

A capital Bangkok (aldeia da ameixa selvagem) é atualmente uma das cidades mais cosmopolitas da Ásia. Arranha-céus enormes convivem com uma infinidade de templos budistas, e a ampla gama da culinária internacional divide espaço com a deliciosa gastronomia local, famosa por seus sabores picantes.

A cidade oferece inúmeras opções de lazer: desde passeios pelas ruas sinuosas de Chinatown, até uma caminhada pelas margens do rio Chao Phraya e o templo de Wat Pho, famoso pelo Buda reclinado, um dos maiores do mundo. O templo de Mármol é, sem dúvida, um dos mais belos do país. Para visitar o Grand Palace, é preciso vestir roupas adequadas (calças largas pelo menos até os tornozelos, e camisas ou camisetas de manga comprida). Também pode-se visitar o templo do Buda Esmeralda e o templo do Amanhecer, todo feito de porcelana chinesa.

Durante a noite, uma boa pedida é sentar em um dos restaurantes que têm vista para os templos, que ficam iluminados e proporcionam uma visão espetacular. Minha sugestão local é a Mieng Kham, uma lagosta da região de Phuket acompanhada do delicioso curry verde de pato.

Os chamados klongs (canais da cidade) são pontos de visitação obrigatória. A área comercial mais animada, com lojas e restaurantes diversos, é a Asiatique Riverfront. Contemplar um anoitecer no Chao Phraya proporciona paisagens que ficarão na memória por muito tempo.



Em Bangkok também é possível organizar tours por outros pontos do país, dentre os quais destaco:

•    Triângulo de Ouro, ao norte da Tailândia
Lá podemos ter contato com os elefantes, e inclusive usar um deles como meio de transporte para  chegar até as tribos de Karen, Uyao e Akha, na selva de Chiang Rai. Ao entardecer, uma sugestão é passear pelo rio Mae Khong e seguir até o museu do Ópio. A caminho de Chiang Mai estão os famosos templos Wat Rong Khun e o Doi Suthep, o mais impressionante da cidade.


•    Sul da Tailândia
Phuket, conhecida como a pedra do mar de Andaman, é a maior ilha do país, com extensas faixas de areia branca e estrutura para atender até aos turistas mais exigentes. A praia mais famosa da região é a Patong e, mais ao norte, recomendo  uma visita às praias de Nai Yang e Ayan.

Koh Samui é menor que Phuket e, consequentemente, menos turística. Aconselho uma visita àqueles que são amantes da natureza, pois é um lugar com cascatas e outros visuais lindos, além de estar repleto de templos budistas.

Krabi é para os que buscam mais tranquilidade. Ali, oferecem diversas opções de aventura, incluindo esportes aquáticos, escaladas e trilhas. A dica é passear de barco para conhecer as diversas praias do lugar.

Ko Phi Phi é um paraíso tropical com águas de cor esmeralda e turquesa. De barco, é possível visitar as praias de Long Beach e Monkey.



Por último, algumas recomendações gastronômicas para completar as visitas e passeios. A cozinha tailandesa se destaca por utilizar em especial pimenta, suco de limão, palma ou açúcar mascavo, molho de soja, óleo de gergelim, manjericão, brotos de bambu, arroz e macarrão. Os cinco sabores presentes em todos os pratos de lá são: doce, azedo, salgado, picante e amargo. Composta por diferentes pratos e especialidades específicas de cada região, a cozinha tailandesa oferece peixes, carnes e aves combinados com diversas verduras e fortes influências da culinária chinesa.

Se pudesse resumir a Tailândia, diria que é um destino único e inesquecível, um divisor de águas para qualquer viajante, um sonho oriental do qual é difícil despertar.






Rafael Paniagua


Sobre o Bella Politica de Privacidade Política de Cancelamento Programa Afiliados Área do parceiro Imprensa Contato RSS

Preencha o endereço de e-mail utilizado no seu cadastro para receber sua senha