créditos: Getty Images

Andorra: um país nos Pirineus

Entre Espanha e França, um enclave milenar repleto de belezas naturais. O Principado de Andorra é um dos menores países da Europa (468 km²), e sem chegar a 80 mil habitantes, recebe todos os anos cerca de 8 milhões de turistas (não exige visto a nenhuma nacionalidade).

Apesar de ser um destino muito conhecido pelos europeus, para aqueles que vêm de outros continentes é um grande mistério, e para os que se atrevem a satisfazer a curiosidade, um destino que jamais poderão esquecer. Montanhas, natureza pura, misticismo medieval, mescla e culturais e idiomas... um pequeno mundo em um lugar sem igual. Devido à sua posição geográfica, com mais de 60 montanhas acima dos 2.500 metros de altitude, oferece opções para todos os gostos: neve no inverno e trilhas durante o verão.

Para os que curtem esquiar, é um dos lugares mais indicados na Europa. Suas instalações e infraestrutura são de alto nível, e atendem aos turistas mais exigentes. Por outro lado, em épocas mais quentes conta com diversas possibilidades para os amantes dos esportes radicais. Não há dúvidas de que sua maior fonte de renda seja o turismo, e que o país sabe perfeitamente como satisfazer a todos os visitantes.

Os pontos mais habitados são: Andorra la Vella, com uma população de 24.678 habitantes; seguida por Escaldes-Engordany com 16.714; Encamp com 14.234; San Julián de Loria com 9.651; La Massana com 9.635; Canillo com 5.625; e Ordino com cerca de 4 mil. Nestes lugares é fácil encontrar alojamentos (aproveitamos para destacar que há mais de 30 mil pontos), ainda que uma boa ideia seja refugiar-se em cabanas e pequenas casas rurais em localidades mais remotas.

Mesmo com o idioma oficial sendo o catalão, e mesmo com a maioria falando espanhol e francês, é fácil a comunicação em inglês e até em português (idioma falado por 15% de seus habitantes). A moeda oficial é o Euro, e o país é acessível pela França e pela Espanha, com conexões por trens, ônibus e aviões.

Além das atividades desportivas, Andorra oferece ainda boas opções aos que gostam de ir às compras. Roupas, itens de tecnologia, acessórios e perfumes de primeira linha são encontrados a preços bastante convidativos. Entre as diferentes áreas de comércio destaca-se a Avenida Meritxell, na Andorra la Vella. As noites na região são compostas por festas animadas e restaurantes com gastronomia que é um mix entre as culinárias espanhola e francesa.

Para os amantes da boa mesa, é indispensável provar as delícias das Bordas (restaurantes típicos em casas nas montanhas, construídas com pedra e madeira). A escudella (guisado de carnes variadas e verduras) e o trinxat (típico do catalão a base de couve e bacon) são alguns dos pratos mais tradicionais, que podem ser acompanhados por cava ou champanhe  (espumantes da Catalunha e da França).


Esqui
Com mais de 300 km de pistas, os apaixonados pela neve podem desfrutar de todas as variações do esporte. Em Sant Julià de Lôria há uma estrutura aérea para desfrutar das belezas naturais. O parque também oferece inúmeras atividades, como snowmobiles, tobogãs,  tirolesa e atividades especiais para as crianças. Destacamos Pal, Vallnord e Soldeu para a prática de esqui. Não é preciso gastar muito para aproveitar a neve e é possível alugar o equipamento necessário para a prática dos esportes relacionados em qualquer das estações.


Verão
Mesmo sendo mais conhecida pelo turismo de inverno, Andorra é excelente também para os meses mais quentes (de junho a setembro); Um passeio pelos parques naturais de Comapedrosa e Sorteny, ou pelos vales Madriu, Clarafira e Claror nos afastam da agitação das cidades do sul da Europa. Rafting, caminhadas, mountain bike, canoagem, escalada e passeios a cavalo, apenas para citar algumas, são atividades disponíveis na região, que oferecem uma visão diferente e inesquecível sobre a vida e a natureza.


Cultura
Agora um último ponto que não podemos deixar para trás. Em Andorra é possível apreciar exemplos únicos da arte romana: Casa de Vall, a igreja paroquial de Sant Esteve, a Puente de la Margineda, o antigo bairro de Santa Coloma, a capela de Sant Andreu, ou o conjunto arquitetônico de Sant Vicenç d´Enclar.


Passeios por ruas milenares, noites nítidas e estreladas, a um palmo da lua. Uma viagem pelo passado, uma aventura inesperada, um destino, quem sabe, imprevisível.




Rafael Paniagua


Sobre o Bella Politica de Privacidade Política de Cancelamento Programa Afiliados Área do parceiro Imprensa Contato RSS

Preencha o endereço de e-mail utilizado no seu cadastro para receber sua senha