créditos: Pixabay

Variedades de vinho branco

O vinho branco é uma absoluta delícia que, em geral, ocupa um patamar mais baixo do que o tinto na rotina de grandes apreciadores. É identificado como um vinho mais fresco, etéreo e de gastronomia mais relacionada com o mar. Geralmente os vinhos brancos são produzidos a partir de uvas brancas, embora espumantes importantes também sejam feitos com a prensa de uvas tintas.

 

Como são os vinhos brancos
A principal característica dos vinhos brancos, de início, é que são obtidos por uma leve pressionada das uvas, a fim de se obter somente o mosto. A fermentação e a maturação do vinho ocorrem em recipientes de aço (no caso de vinhos frescos e frutados) ou de madeira (para os que são mais complexos e destinados a um maior amadurecimento).

Uma tecnologia recente permite aprimorar os aromar típicos de algumas uvas para levar grande parte do processo a baixas temperaturas, de maneira semelhante ao que é feito na produção do vinho tinto. Algumas especialidades de vinho branco, inclusive, são feitas em barris de carvalho.

 

Classificação do vinho branco
O Riesling se origina em um lugar da Alemanha até ser difundido pelo mundo inteiro. De acordo com muitos aficionados e experientes colhedores dessa uva, os vinhos feitos com ela são destinados a paladares muito refinados e se caracterizam principalmente pelo equilíbrio entre álcool, doçura e acidez. As variedades de uvas brancas mais comuns na Itália são Vermentino, Moscato, Vernaccia e Trebbiano. Com relação às áreas de produção, as mais famosas do mundo são as regiões de Champagne, Borgonha e a província de Burdeos, na França; La Rioja, na Espanha; e o Vale de Napa, na Califórnia.

Na Espanha, as zonas de produção mais conhecidas são as de Rioja, Rueda e Galícia, ainda que as especialidades espanholas não sejam tão famosas como as de Borgonha e da Alemanha.

Auxerrois é um tipo de vinho que geralmente se encontra misturado com outras cepas e é obtido a partir de uma uva branca que se cultiva muito em Alsácia e também em Lorena, na Alemanha e Luxemburgo. Este tipo de uva produz vinhos nutritivos e com boas condições de conservação, com suave toque de mel. Produz principalmente os vinhos chamados “Pinot Blanc” (que podem, na verdade, ser uma mistura de auxerrois blanc, da variedade pinot blanc, pinot gris e pinot noir vinificado branco).

O Chardonnay é, sem dúvida, um dos mais conhecidos na classificação de vinhos brancos, é a base do champanhe. Além de seu sabor fresco, suculento e clássico, esse vinho tem caráter durável, o que nos relembra maçãs ainda não muito maduras. É um dos vinhos mais populares do mundo. Atualmente, Estados Unidos, Austrália e Nova Zelândia são os três países onde se produz a maior quantidade de uvas para elaborar o vinho chardonnay, que é ideal para os amantes dos vinhos mais frutados.

O Chenin / Chenin Blanc provém do vale da Loira. É uma das uvas mais versáteis no mercado de vinhos: se adapta sem problemas a diferentes comidas e ocasiões, embora seja ideal para pratos picantes e mariscos. É o tipo de vinho mais comum na África do Sul e também na Califórnia. Sua uva é tão versátil que permite a produção de um vinho que vai do seco ao doce, tudo dependendo da época da colheita. É um dos vinhos mais pesados com relação à sensação, assim como um dos mais ácidos.

O Gewürztraminer é um vinho demi-sec de corpo ligeiro a mediano, com origem na França, embora sua uva também seja cultivada na Alemanha e em algumas regiões da Espanha. Combina bem com saladas de frutas e pratos mais fortes, como os das cozinhas mexicana, chinesa e indiana.

O Pinot Blanc é muito parecido com o chardonnay no sabor, e por muito tempo não havia distinção nenhuma entre eles. Na Alemanha é conhecido como Weissburgunder e na Europa é conhecido como Beli Pinot.

Vinho seco, o Sauvignon Blanc tem corpo com toque refrescante e forte aroma, que muitas vezes carrega um toque de maracujá, cítricos e espargos. É originário da França, embora seja na Austrália onde se produz o melhor sauvignon blanc. Devido ao sabor intenso, é a combinação ideal para diversos pratos, independentemente da sua idade. É delicioso da mesma maneira, jovem ou envelhecido.

Originário do Sul da França, o Semillion também é facilmente encontrado na Nova Zelândia e na Austrália.

 

Esta lista inclui os vinhos brancos mais populares e de fácil aquisição. Por fim, o vinho branco é amplamente produzido em todo o mundo em um contexto familiar. E, só para relembrar, todos os vinhos brancos devem ser consumidos gelados.

Saúde!

 


Rafael Paniagua


Sobre o Bella Politica de Privacidade Política de Cancelamento Programa Afiliados Área do parceiro Imprensa Contato RSS

Preencha o endereço de e-mail utilizado no seu cadastro para receber sua senha