créditos: Bella da Semana

Você conhece os benefícios da cerveja?

                                                                                                                                  Getty Images


Hoje em dia já comprovamos que as coisas que nos trazem prazer são verdadeiros luxos. E porque não usufruir apenas dos benefícios da cerveja? Beber com moderação pode, além de ser prazeroso, trazer muitos benefícios.

A cerveja sempre fez parte da dieta do homem, desde os tempos remotos, e é considerada saudável se consumida de modo moderado e regular (não mais que duas latinhas por dia). A qualidade cresce cada vez mais, o que conseqüentemente aumenta também o consumo.

Enganam-se os que pensam que a cerveja é uma bebida sem requinte! Existem cervejas belgas feitas de frutos, ou inglesas encorpadas e mais fortes, que demonstram que não são boas apenas pra beber, mas também fazem bem à saúde. Seus componentes provêm dos cereais maltados, como antioxidantes e vitaminas.

A produção é feita a partir de cereais como a cevada maltada, o lúpulo, o trigo, o arroz ou o milho, que ajudam em uma dieta equilibrada. A cerveja é composta de 93% de água, constituindo uma ótima fonte para saciar a sede. Além dos sais minerais, ainda possui alto teor de potássio e baixo teor de sódio, o que é muito bom para normalizar a pressão sanguínea. A bebida ainda é rica em magnésio, o que ajuda na proteção da vesícula. O lúpulo ajuda na prevenção da descalcificação óssea, ajudando na osteoporose e razão pela qual o consumo diário moderado é capaz de reduzir em 40% o risco de formação de pedra nos rins.

O levedo da cerveja protege naturalmente o organismo contra radiações e poluição, além de ser uma das maiores fontes naturais do complexo B, muito importante para os sistemas digestivo e nervoso. A carência do complexo B no sistema nervoso pode causar depressão, faltas de memória e concentração, cansaço físico, irritação e estresse.

As paredes das células dos grãos da cerveja são grandes fontes de fibras solúveis. Um litro de cerveja contém uma média de 20% da dose diária recomendada de fibras, sendo que algumas chegam a fornecer cerca de 60%. As fibras ajudam nas funções intestinais, e têm ação benéfica ao reduzirem o tempo de digestão e absorção dos alimentos, o que reduz o nível de colesterol e, em consequência, diminui o risco de doenças cardíacas.


                                                                                                                                         Getty Images



Vitaminas
Vitaminas como tiamina, riboflavina, piridoxina e folatos são mais algumas das substâncias  presentes na bebida. A piridoxina e os folatos atuam na proteção de doenças cardiovasculares. Um copo de cerveja contém duas vezes mais quantidade de antioxidantes do que o vinho branco, e a metade dos que contém o vinho tinto. Os antioxidantes do vinho tinto são constituídos por moléculas de elevado peso moleculares, que não são tão facilmente absorvidas pelo organismo como as moléculas menores da cerveja. Estes antioxidantes estão mais facilmente disponíveis para assimilação pelos organismos do que os alimentos sólidos. Alguns deles, como os flavonóides de lúpulo, têm forte ação preventiva do câncer, principalmente no trato gastrointestinal, da mama e da tiróide.


Mas, cuidado!

Cerveja em grande quantidade, porém, pode distender os músculos da barriga, formando aquela barriguinha saliente. O consumo excessivo da bebida é associado à obesidade e ao estilo de vida menos saudável.

A verdade é que beber cerveja não engorda, desde que seu consumo seja parte integrante de uma dieta equilibrada. Um copo de leite ou iogurte de frutas tem a mesma quantidade de calorias que um copo de cerveja. O excesso (de qualquer alimento) é o que engorda, pois aumenta a massa corporal. O acúmulo do álcool, através das calorias excessivas, provoca gorduras localizadas. Uma dose de uísque, por exemplo, possui 240 calorias, enquanto um copo de cerveja possui uma média de 150.

Existem situações, no entanto, quando o uso de bebidas alcoólicas é proibido, como na prática profissional de esportes, durante o trabalho e principalmente quando for dirigir. Para não se meter em encrenca, prefira ingerir bebidas alcoólicas nos momentos adequados. A cerveja consumida de maneira moderada para aqueles que apreciam seu sabor pode significar a ajuda na manutenção de uma vida saudável.





Mariana Goulart


Sobre o Bella Politica de Privacidade Política de Cancelamento Programa Afiliados Área do parceiro Edições Imprensa Contato RSS

Preencha o endereço de e-mail utilizado no seu cadastro para receber sua senha