créditos: Getty Images

Fechando ciclos

Com o final de ano chega também aquela sensação de querer colocar numa balança algumas coisas que aconteceram pra ter uma noção do que podemos resgatar para os meses que vêm pela frente. Para muitos, um pouco de nostalgia misturada com euforia, e até uma pitada de tristeza. Normal! Afinal, é o feriado que temos que estar com a família, comprar presentes para os mais próximos e fechar alguns ciclos.

Parece um pouco clichê, mas se pensarmos que não se começa nenhuma dieta na segunda-feira, também não vamos mudar porque o ano novo chegou. Mas dá, sim, uma boa sensação poder fazer algumas coisas de maneira diferente, talvez até um pouco melhor, nem que sejam as pequenas coisas. Talvez aproveitar que ainda é janeiro e perder alguns hábitos desnecessários, ou ações que nos prejudicam de alguma forma.

Como a virada já passou há quase um mês, agora talvez seja melhor deixar o passado pra lá e aproveitar para fazer umas promessas que realmente queremos cumprir. E tem outra, não existe a obrigação de mudar nada caso você esteja feliz com as coisas da maneira como estão. De repente você lidou com os desafios de forma exemplar e agora pode erguer a cabeça e gritar para que todos ouçam: estou realizado! Nesses casos, para que mudar? Melhor mesmo é não trocar o certo pelo duvidoso.

Também não dá para sair por aí distribuindo conselhos para todo mundo, achando que você é o certo e que todos têm que mudar. Cada um sabe de si, e insistir para que alguém mude ou melhore algo porque nós queremos ou acreditamos ser a melhor opções, é cansativo. Ao invés de ajudar, pioramos a situação. Aconselhe sempre, mas não insista. E perceba: cada pessoa é uma pessoa. Você não deve achar que todos ao seu redor devem ter o mesmo comportamento que o seu.

Acredito que a maioria das pessoas para um pouco para refletir sobre a vida nessa época. E não há nada de ruim nisso. Pode, aliás, ser bem proveitoso, ainda mais quando precisamos mesmo melhorar em alguns aspectos.

Fazer uma lista de objetivos que realmente possam ser atingidos é bem bacana. Ajuda a mensurar algumas coisas positivas e aniquilar as negativas. Fechar ciclos é tão saudável quanto começar outros. Independente de seus objetivos esse ano, desejo um feliz 2014 a todos!



Mariana Goulart


Sobre o Bella Politica de Privacidade Política de Cancelamento Programa Afiliados Área do parceiro Edições Imprensa Contato RSS

Preencha o endereço de e-mail utilizado no seu cadastro para receber sua senha