créditos: Getty Images

Gengivas saudáveis

Com a correria do dia a dia, a saúde pode ser a primeira a ser esquecida. Principalmente a saúde bucal. Com o passar do tempo a má higienização pode ocasionar doenças gengivais e até mesmo a perda dos dentes. Por vergonha, as pessoas passam a sorrir menos e, consequentemente, conquistar menores trabalhos e relacionamentos, abalando sua autoestima.

A saúde bucal depende de bons hábitos, como escovação e visitas regulares ao dentista. Nem sempre a dor é o único fator de perigo. Portanto, fique atento, pois outros indícios merecem atenção. A gengiva, por exemplo, é muitas vezes ignorada na hora da higienização bucal. Deveria, portanto, receber atenção igual ou até maior que a dada para os dentes, pois é uma parte da mucosa mastigatória da boca que circunda parte do dente (e protege-o) que, quando está normal, não sangra.

O sangramento, então, é sinal de que algo errado está acontecendo e os cuidados devem ser redobrados. As doenças periodontais afetam pessoas de qualquer idade, inclusive crianças, atingindo com maior frequência os adultos. Três entre quatro adultos com idade superior a 35 anos apresentam algum tipo de problema na gengiva. A escovação errada (vigorosa ou com escova dura), o tabagismo e o hábito de morder objetos contribuem para prejudicar as gengivas. Outros fatores também devem ser observados: diabetes, puberdade, gravidez, menopausa. Nestes casos, a probabilidade do desenvolvimento de algum tipo de complicação bucal é maior.

As doenças nas estruturas de proteção e suporte dos dentes, que são chamadas de gengivite e periodontite, geralmente são evidenciadas pelo sangramento bucal. São doenças crônicas que costumam ter um curso longo com baixa intensidade e, por serem indolores, fazem com que as pessoas adiem o tratamento. O problema é que, a esta altura, alguns dentes já podem estar comprometidos.

A gengivite é o primeiro estágio da inflamação gengival causada pela placa bacteriana, que se forma na margem da gengiva. A escovação e o fio dental usados de forma errada produzirá toxinas que irritam o tecido gengival, causando o sangramento durante o processo. Nesta etapa o dano pode ser revertido, desde que o osso e o tecido conjuntivo que seguram os dentes no lugar não tenham sido atingidos.

A periodontite é quando a gengivite evoluiu e o osso e as fibras de sustentação que mantêm os dentes em posição são danificados. Ao redor da sua gengiva pode começar a se formar uma bolsa que avança para baixo, onde ficam armazenados os detritos e a placa bacteriana. O tratamento dentário adequado e a higiene bucal minuciosa em casa, em geral, podem ajudar a prevenir danos maiores.

A periodontite avançada é o estágio final da doença, quando as fibras e os ossos de sustentação dos dentes estão comprometidos. Nesses casos, os dentes podem mudar de posição ou ficar mais soltos, com risco de perda. As características clínicas da periodontite avançada incluem: alteração de cor e textura da gengiva (vermelhidão acentuada), presença de bolsa periodontal (espaço existente entre o dente e a gengiva), sangramento após escovação ou fio dental, perda de osso que suporta o dente na cavidade bucal, pus na bolsa periodontal, halitose e mobilidade dos dentes. A retração de gengiva também está entre os grandes problemas.

Para um diagnóstico mais preciso, o ideal é consultar um profissional. Os cuidados diários podem evitar complicações na gengiva. Escovar os dentes regularmente com escovas de cerdas macias e pasta dental adequada (principalmente depois da ingestão de doces), o uso do fio dental pelo menos uma vez ao dia, a escovação da língua (que acumula placas e deve receber atenção, sim!), a troca de escovas a cada três meses, o ato de não fumar e o uso de enxaguante bucal são hábitos que devem ser diários para a conservação de boca, dentes e gengivas saudáveis. Mulheres grávidas e pessoas que usam aparelhos fixos devem ficar mais atentas a esses cuidados, pois a tendência é ter mais doenças gengivais.

Como todas as possíveis complicações, a melhor prevenção é o cuidado. A higiene correta aliada à escolha de uma boa escova e creme dental de qualidade é essencial para que sua gengiva esteja sempre  saudável e para que você conserve o hálito fresco e a saúde bucal em dia.







Mariana Goulart


Sobre o Bella Politica de Privacidade Política de Cancelamento Programa Afiliados Área do parceiro Imprensa Contato RSS

Preencha o endereço de e-mail utilizado no seu cadastro para receber sua senha