créditos: Getty Images

Moda masculina acessível

Se vestir bem não é apenas uma questão financeira. Pode ser muito mais uma questão de estilo do que de dinheiro. É claro que ter uma boa verba para gastar em roupas bacanas ajuda, mas muitos homens endinheirados estão longe de ser elegantes.

Na Idade Média, os homens que usavam sapatos de saltos altos e meias justas (meia-calça). Sem falar das enormes perucas e maquiagem. E quanto mais se arrumavam, mais viris pareciam. Passados muitos séculos, os homens podem perder o preconceito de se arrumar mais, sem perder a linha entre o exagero e a elegância.

A globalização nos proporcionou, entre muitas coisas, a possibilidade de comprar por um preço acessível roupas de marcas internacionais. As peças que são vendidas aqui no Brasil, de grandes lojas em estilo departamento, são as mesmas vendidas na Europa, por exemplo. Com modelagem padrão, que de certa forma é boa, mas não exata, é possível montar looks cambiáveis e aproveitar muita coisa boa.

A moda masculina nos últimos anos teve grandes mudanças e quase sempre anda paralela à moda feminina. As tendências são fortes e os homens não precisam ter preconceitos com modismos, como o colorblocking (uso de várias peças de cores fortes no mesmo look), tendência navy (marinheiro), listras, modelos de calças e bermudas saruel, entre outras.

Investir em peças clássicas é uma ótima opção. Os preços variam bastante e nessa hora é importante demais comprar algo de qualidade, afinal são peças que podem ser usadas por muito mais de uma década. Fiz uma lista de itens que valem a pena investir e cambiá-los na hora de vestir. Itens que não saem de moda e são sinônimos de elegância:

- uma camisa branca com ótima modelagem - punhos, colarinhos e pala bem cortados
- camisas preta, salmão e listrada (azul e branca, ou preta e branca)
- um casaco 7/8 preto
- um casaco estilo caban, ou um trench-coat de gabardine
- calças chino (aquelas com bolso faca e barra dobrada), em cores como azul marinho, bege, preto, verde bandeira e cinza
- calças clássicas preta e cinza
- um blazer preto e outro azul marinho.
- um sapato social preto (brogue ou monky), um sapatênis e um mocassim (estilo dockside ou drive para dias de calor) marrom
- bermudas branca, bege e azul marinho
- camiseta branca básica ou italianinha (aquela com decote V e botõezinhos no pescoço)
- camisas pólo listradas, branca, bege, azul marinho e preta
- gravatas legais (preta, azul estampada, lavanda, rosa)
- um cinto preto clássico e outro marrom tressé
- uma jaqueta jeans ou estilo náutica de náilon


Essas peças podem ser todas combinadas entre si. E podem ir ao escritório, à balada, final de semana, para sair com a namorada. Talvez pareça muita coisa, mas muitas vezes temos quase todas (ou mais que a metade) no nosso armário. Ao invés de comprar novas roupas que não combinem com as suas, tente ver quais peças combinariam com aquelas que você já tem e invista. Imite as mulheres: faça uma lista e vá as compras!



Mariana Goulart


Sobre o Bella Politica de Privacidade Política de Cancelamento Programa Afiliados Área do parceiro Imprensa Contato RSS

Preencha o endereço de e-mail utilizado no seu cadastro para receber sua senha