créditos: Bella da Semana

Musculação Harmoniosa

Verifico constantemente nas avaliações físicas que realizo todos os dias, alguns equívocos nos programas de treinamentos pretendidos pelos alunos e alunas, ou por eles praticados em academias que não possuem um adequado acompanhamento que, infelizmente, são muitas. De forma geral, se deixássemos pela livre escolha dos alunos, a maioria dos homens praticaria musculação direcionada apenas para os grupos musculares que estão acima da cintura, deixando de lado glúteos, coxas e pernas. No caso das mulheres seria totalmente ao contrário, treinariam apenas da cintura para baixo, dando uma ênfase especial aos glúteos. Para as mulheres não importa muito se seus braços balançam demais na hora de dar tchau, desde que seu bumbum esteja durinho e empinado. Para os homens não interessa muito se suas coxas não são tão grossas, desde que seus braços estejam grossos e firmes ficando bem salientes quando utilizam camiseta regata. Esta desproporcionalidade de tônus muscular, que é a rigidez natural do músculo quando este está em repouso, esta desproporcionalidade de volume muscular, além de esteticamente não ficar nada interessante, gera uma diferença de tensão em todo o corpo, que não é nada saudável. Músculos mais fortes geram mais tensões sobre o esqueleto. Deve haver um equilíbrio de tensão entre as musculaturas agonistas e antagonistas. Se você possui uma musculatura das costas bastante desenvolvida e a de peitoral pouco desenvolvida, isto lhe trará problemas. E assim acontece em todo o corpo. A musculação é a única modalidade que consegue trabalhar os grupos musculares de forma isolada. Essa vantagem que a musculação tem deve ser muito bem explorada. Alguns esportes exigem mais de alguns grupos musculares em relação aos outros. Os que não são muito exigidos devem receber um trabalho de compensação para que seu praticante não tenha problemas no futuro. Vamos pegar um jogador de tênis destro como exemplo. Durante uma partida de tênis, que pode durar horas, o que faz o seu braço esquerdo além de acompanhar o movimento corporal de forma harmônica e lançar a bolinha para o alto durante o saque? No final da partida qual braço estará exausto? Estamos aqui utilizando somente o nome braço para um melhor entendimento, mas durante uma partida de tênis são trabalhados com mais ênfase os grupos musculares das mãos, antebraço, braço, ombro, costas e peitoral do lado direito. E o lado esquerdo? Na próxima partida ele joga com o braço esquerdo pra compensar? Sabemos que é impossível. Jogos e treinamentos sem compensação durante anos vão gerar o quê no corpo deste atleta? Problemas! Qual a saída? Musculação com maior ênfase para os grupos musculares que não estão sendo tão utilizados durante os jogos e treinamentos. Está compensação será vital para este atleta! E pra quem não é atleta? Faz a mesma quantidade de musculação para todos os grupos musculares? Não! Grupos musculares maiores precisam ser mais estimulados que os menores. As pessoas, geralmente, têm mais facilidade para desenvolver alguns grupos musculares em relação a outros. Alguns desenvolvem facilmente peitorais, outros não; alguns desenvolvem facilmente coxas, outros não; algumas mulheres desenvolvem facilmente glúteos(que parece ser o sonho de todas), outras não. Individualidade biológica é um dos princípios do treinamento que deve ser respeitado para que saúde e estética caminhem juntos.

Flavio Sobierajski


Sobre o Bella Politica de Privacidade Política de Cancelamento Programa Afiliados Área do parceiro Imprensa Contato RSS

Preencha o endereço de e-mail utilizado no seu cadastro para receber sua senha