créditos: Bella da Semana

Musculação e os Idosos

Com o aumento na expectativa de vida em função dos melhores hábitos de vida que as pessoas vêm levando nos últimos anos, o idoso passou de expectador para praticante de atividades física. Dentre os tipos de atividades físicas, a musculação passou a ser uma das mais praticadas em função dos vários benefícios que a mesma pode trazer à vida do idoso, tanto do ponto de vista físico, quanto psicológico ou social. Neste texto vamos falar um pouco sobre a importância da musculação na vida do idoso e o porquê de sua necessidade para a melhora da qualidade de vida. Tente imaginar a imagem de um idoso em livros, fotos, filmes... Normalmente temos aquela imagem de uma pessoa fraca, sem força para carregar uma sacola, força para subir uma escada sem segurar no corrimão, força para levantar do banco do carro sozinho, força para se sustentar em uma situação de desequilíbrio, enfim, como vocês puderam notar a força é a principal falta que os idosos sentem com o passar dos anos pela grande perda de massa muscular e do sedentarismo decorrentes da idade. Na velha máxima de que tudo que não é usado é perdido, assim acontece com a força e os músculos. É ai que entra a musculação, o melhor tipo de atividade física que existe para aumento de força. Mas quais as vantagens da musculação em relação a outras atividades físicas? A musculação tem como principais vantagens: - Conseguir adaptar o trabalho de acordo com a condição física do idoso, isto é, a musculação pode adaptar o peso para o iniciante fazendo com que ele possa começar os exercícios com o mínimo possível; - Poder ajustar a amplitude de movimento de acordo com a condição do idoso, visto que doenças degenerativas, comuns na terceira idade, limitam seu movimento, que pode ser trabalhado em uma amplitude na qual não sinta dor; - Ocorre um aumento da massa óssea e massa muscular, além da proliferação do tecido conjuntivo elástico dos músculos, tendões, ligamentos e cápsula articular, tornando o corpo mais forte e resistente a lesões; - A musculação faz com que ocorra um aumento do gasto energético, o que ajuda o idoso a diminuir seu percentual de gordura e seu peso, diminuindo a sobrecarga sobre suas articulações; - Em relação à massa óssea, seu aumento faz com que se possa prevenir contra futuros problemas de osteoporose, relacionada à perda de massa óssea decorrente da idade e do sedentarismo ; - Recentes trabalhos documentaram que os exercícios com pesos possuem características que os tornam relativamente seguros para cardiopatas, desde que não se utilizem grandes cargas. Basicamente, a diferença entre os exercícios com pesos e os exercícios aeróbios, do ponto de vista cardiológico, é que a pressão arterial aumenta um pouco mais nos exercícios com pesos, e a freqüência cardíaca aumenta muito menos. Estes dois aspectos contribuem para a segurança cardíaca: a pressão arterial aumentada, dentro dos limites de segurança, aumenta o fluxo coronariano, e a freqüência cardíaca mais baixa não aumenta muito a taxa metabólica do miocárdio, não sobrecarrega o sistema de condução de impulsos; - Ainda sobre cardiopatia, o coração do idoso estará acostumado a fazer um esforço fora do habitual, caso queira levantar algo do chão, segurar o neto no colo, etc.. Para concluir, a musculação gera desta maneira uma serie de adaptações que vem melhorar, e muito, a qualidade de vida do idoso e se qualidade de vida pode ser definida como "condição das pessoas não se sentirem limitadas para tarefas que desejam realizar por falta de condição física" a musculação aumenta a capacidade do idoso de fazer suas tarefas do dia a dia, aumentando sua auto-estima e seu psicológico, com seu papel garantido na sociedade. Acima de tudo, ele reganha autonomia pra realizar as tarefas do dia-a-dia, tornando-se mais independente e ativo socialmente.

Prof. Felipe Silveira Soncini - 002344/g – sc


Sobre o Bella Politica de Privacidade Política de Cancelamento Programa Afiliados Área do parceiro Imprensa Contato RSS

Preencha o endereço de e-mail utilizado no seu cadastro para receber sua senha