créditos: Bella da Semana

Treinando e suplementando para hipertrofia

Os "Segredos" que todo mundo sabe, mas às vezes se atrapalha para pôr em prática Este mês falaremos um pouco sobre o treinamento para hipertrofia e o uso de suplementos que podem ajudar você, junto com uma boa alimentação e descanso, a conseguir um bom aumento de massa muscular. Para dar estas dicas, chamei o Prof. Ricardo Da Luz Santana (CREF 002373 - G/SC), especialista em treinamentos de fisiculturistas e suplementação, que mostrará como o uso de alguns suplementos pode ajudar a chegar à hipertrofia de maneira mais rápida. Depois de alguns anos trabalhando com musculação, é possível traçar alguns perfis de comportamento e público dentro de uma academia: os indivíduos que querem perder peso e os que querem ganhar massa muscular (hipertrofiar). Esses últimos, particularmente, merecem uma abordagem cuidadosa, pois são mais sujeitos ao erro. Esse erro quase sempre é o pecar pelo excesso. Excesso de treino, excesso de carga, tempo demais dentro da academia, excesso de expectativa, metas irreais. Ou seja, esse excesso fica mais visível dentro da academia. Além disso, o erro pode ocorrer também na alimentação, quando o indivíduo adquire hábitos alimentares duvidosos pela pressa em querer ganhar peso. Para evitar esses erros, podemos estabelecer algumas sugestões: Primeiro o objetivo deve ser real e possível de atingir. A maioria se frustra porque quer ser igual a um Mr. Universo, sem fazer a mínima idéia de tudo o que se passa para chegar a tal nível. Segundo : não pensar que o resultado depende só do que você faz dentro da academia. O que você faz fora dela conta tanto quanto. Isso significa bons hábitos alimentares, um descanso compatível, e trabalho e lazer numa medida equivalente. Se o indivíduo consegue manter um equilíbrio de tudo isso (treino, repouso, nutrição, trabalho e lazer), ele criou um ambiente favorável para alcançar qualquer meta. Terceiro : ter o acompanhamento de um bom profissional de educação física, munido de sua avaliação física, anamnese (todos os dados pertinentes do aluno), e de uma programação de treino. Ele, melhor que ninguém, saberá conduzir o aluno na busca de seus objetivos. No mercado de suplementos hoje em dia, além da enorme variedade de produtos para todos os fins, ainda podemos ter a certeza de que atualmente, tanto as empresas fabricantes de suplementos, quanto as pessoas que trabalham com eles, primam pela qualidade. No quesito hipertrofia não é diferente e para isso apresento algumas sugestões. Proteína: a boa e velha matéria prima, continua fundamental para a hipertrofia, assim como os tijolos o são para uma construção. A diferença é que hoje em dia os suplementos protéicos estão cada vez mais purificados e filtrados, havendo inclusive suplementos protéicos com tratamento enzimático para facilitar a absorção. Carboidratos : geralmente na forma de suplementos hipercalóricos, promovem um acúmulo considerável de glicogênio nos músculos além de ganho de peso. Se utilizados com critério, derrubam o mito que "hipercalórico é ruim porque dá barriga" Creatina : uma das unanimidades no mundo dos suplementos, encontrada em pó (micronizada e monohidratada) ou em base líquida estável, aumenta a força e a explosão muscular pela ressíntese do ATP (molécula de energia que o corpo utiliza e "queima" em movimentos de força e explosão). Utilizada em ciclos, realmente faz a diferença num treino de hipertrofia. Suplementos de óxido nitroso - baseados numa altíssima concentração de arginina e ornitina principalmente, promovem uma liberação considerável de óxido nitroso no corpo, o que promove principalmente uma vasodilatação forte e constante, além de um bombeamento sanguíneo para os músculos muito aumentado (e preservado por horas). Trocando em miúdos, seus músculos ficam alimentados e supridos de sangue e nutrientes por muito mais tempo do que normalmente ficariam.. Atualmente, alguns suplementos desse grupo ainda contêm ingredientes que promovem melhor aproveitamento da creatina, bloqueiam o ácido lático e prolongam o bombeamento sanguíneo por muitas horas para os músculos. BCAA e Glutamina - aminoácidos essenciais, são responsáveis pela síntese de proteínas, pela resistência imunológica, pela volumização muscular e pela preservação da integridade da fibra muscular (efeito anti-catabólico). Seria um sonho se pudéssemos utilizar todos eles juntos em combinação. Algumas pessoas o fazem, e conseguem pequenos milagres. Mas qualquer um que consiga combinar pelo menos dois ou três deles, aliado a um bom treino, conseguirá muitos ganhos. E o que é um bom treino? Bem...não existe uma receita de bolo, mas há alguns pontos que merecem ser seguidos e que valem para todos. - Treine forte, com consistência e intensidade. - Nem sempre é a carga que vale, mas sim o stress que o músculo sofre. - A atenção à técnica e aos intervalos também é fundamental. - Hidratar o corpo (em outras palavras...beba muita água). - Prenda-se às suas metas e aos seus progressos. Só atletas competem com outros. Você compete contra seus próprios limites. - E não faça loucuras. Procure e siga as orientações de um bom professor Saúde e bons treinos a todos! *Prof. Ricardo da Luz Santana CREF 002273/G - SC BODY WORKS - Nutrição e Suplementação CENTRO COMERCIAL CAMELÃO - Campinas - São José - SC Fone: 3241 2755

Prof. Felipe Silveira Soncini - 002344/g – sc


Sobre o Bella Politica de Privacidade Política de Cancelamento Programa Afiliados Área do parceiro Imprensa Contato RSS

Preencha o endereço de e-mail utilizado no seu cadastro para receber sua senha