créditos: Bella da Semana

Hipertensão, a bomba surpresa

O que é hipertensão? A hipertensão ocorre quando os níveis da pressão arterial encontram-se acima dos valores de referência para a população em geral. Para a Organização Mundial de Saúde (OMS) os valores admitidos são: 120x80mmHg, nível em que a pressão arterial é considerada ótima e 130x85mmHg sendo considerada limítrofe. Valores pressóricos superiores a 140x90mmHg configuram Hipertensão. 

Sabe o que é mais perigoso na hipertensão? Ela é democrática e silenciosa: não escolhe tipo ideal de pessoa e nem avisa quando chega. No entanto, pode ocorrer com maior incidência em pessoas obesas, sedentárias e consumidoras de sal e álcool. É considerada um dos principais fatores de risco para a doença cardiovascular. Na maioria dos casos os hipertensos não sentem nada, mas alguns sintomas podem ser observados, tais como tonturas, dor de cabeça e palpitações, isto é, indícios,que vale a pena fazer um check-up. É bom lembrar que a herança genética conta muito; se seus familiares têm, suas chances são grandes.

Grande ênfase tem-se dado às medidas não farmacológicas de mudanças de hábitos de vida para prevenção e controle dos níveis elevados de pressão. Tais mudanças devem ser implantadas para todos os hipertensos, mesmo aqueles em uso de droga. Dentre estas medidas, as mais importantes são:

Atividade física: a prática regular de um programa de treinamento físico acarreta em benefícios aos pacientes portadores de hipertensão, tais como: perda de peso corporal, diminuição das taxas de açúcar e gordura, aumento do HDL (bom colesterol), redução do LDL (mau colesterol), diminuição dos níveis de ansiedade.

Peso corporal: Manter o peso na faixa ideal, aferido pelo índice de massa corporal (peso em quilogramas dividido pelo quadrado da altura em metros), entre 20 kg/m² e 25 kg/m². No entanto, isto é apenas um parâmetro, o ideal é que se faça avaliações individuais. Esse objetivo deve ser perseguido através de dieta hipocalórica balanceada e deve ser permanente, evitando-se grandes e indesejáveis flutuações do peso.

Alimentação: assim como qualquer pessoa, deve-se ter uma alimentação equilibrada, mas é extremamente importante que as pessoas com hipertensão reduzam a quantidade de sal na elaboração de refeições e. Isso porque, no corpo humano, o sal age como uma esponja retendo água nos tecidos, permitindo uma elevação da pressão arterial. A dieta do hipertenso deve conter baixo teor de gorduras, principalmente saturadas, baixo teor de colesterol e sódio e elevado teor de potássio e fibras.

Álcool: limitar o uso de bebidas alcoólicas;

O assunto é serio, esta doença mata e muito, por isso não perca tempo; se você tem um hábito de vida sedentário, procure um médico e faça exames para saber como anda seu corpo. Só assim você vai conseguir prevenir esta doença que hoje é mais normal do que se imagina. Agora me diga uma coisa: há quanto tempo você não afere(mede) sua pressão arterial??

Prof. Felipe Silveira Soncini - 002344/g – sc


Sobre o Bella Politica de Privacidade Política de Cancelamento Programa Afiliados Área do parceiro Edições Imprensa Contato RSS

Preencha o endereço de e-mail utilizado no seu cadastro para receber sua senha