créditos: Bella da Semana

Homem-Rã

Cada vez mais vejo alguns alunos das academias que se parecem com personagens de desenho como Jonnhy Bravo, todos com uma característica em comum: tronco gigante e pernas de criança. O famoso homem-rã. Desde o início, eles já entram na academia não querendo treinar perna - todo dia de perna tem que sair cedo. Se existe o esforço para treinar o tronco, porque não para treinar as pernas? Pode acreditar que em 85% dos casos, é porque ter perna forte não impressiona nem os amigos nem as mulheres, já o braços grandes, eles acreditam que sim. Não estou aqui para questionar o gosto de ninguém, mas ter o corpo esteticamente proporcional, isto é, com pernas e braços fortes (ser forte ou não é do gosto de cada um) fica mais harmonioso. Sendo assim aqui vão alguns bons motivos para treinar perna e suas vantagens:

O treinamento de pernas tem várias vantagens:
%u2022    Para quem deseja um corpo mais musculoso, saiba que o treinamento de pernas aumenta a porcentagem de músculos no seu corpo, visto que nas pernas possuímos uma grande quantidade de músculos aglomerados;
%u2022    O treinamento de pernas intenso proporciona um grande gasto calórico, ideal para quem busca emagrecimento, seja para perda de peso ou para definição muscular; 
%u2022    Pernas fortes proporcionam movimentos fortes, seja em um chute de futebol, uma rasgada no surf, um salto no basquete, para suportar o impacto da corrida, ou seja, complemento perfeito para qualquer esporte;
%u2022    Uma musculatura forte protege os tendões, ligamentos, articulações diminuindo o numero de lesões como estiramentos, rompimento de tendões, ligamentos, tendinites, etc.
%u2022    Pernas fortes trazem envelhecimento com mais saúde; pessoas idosas que passam a treinar pernas ganham autonomia na sua vida e força pra subir escadas, morros, etc. Lembre-se: prevenção antes de reabilitação;
%u2022    Você acha que só os homens olham pernas de mulheres e não o contrário? Se acha, está muito enganado...

 Dicas de treino:

%u2022    Fazendo exercícios básicos como agachamento, leg press, extensora, flexora, adutor, abdutor e panturrilha, os resultados já serão excelentes, mas lembre-se que a parte posterior da perna deve ser treinada muito bem, visto que a maior parte dos exercícios trabalha mais a parte anterior. Obs.: deixe o agachamento para quando já estiver mais acostumado com o treino;
%u2022    Faça os movimentos corretos e treinando com toda amplitude de movimento. O que vejo freqüentemente são pessoas fazendo movimentos curtos e sem controle, o que pode trazer desequilíbrio muscular e lesões quando o músculo for realmente solicitado na sua amplitude máxima;
%u2022    Caso você faça algum esporte, o treinamento deve ser adaptado para a modalidade, fazendo movimentos mais rápidos, lentos, enfim, seu professor vai saber modificar seu treino;
%u2022    Para começar, 2 vezes por semana em dias alternados, 3 vezes de 15 repetições  e 1 minuto de intervalo é o suficiente. Obs.: na flexora, fazer 4 vezes de 15;
%u2022    Quanto mais intenso seu treino, mais qualificado terá que ser seu treinamento. Sendo assim, o básico não funcionará mais;
%u2022    Pode também alternar com parte superior se estiver com pressa. Ex: fazer uma série de rosca direta e uma de extensão de pernas, voltando para rosca e assim continua;

Treinar perna não precisa ser um martírio, basta ter um pouco de dificuldade no treino que os resultados virão. Mais do que estética, a atividade física deve ser encarada como uma maneira de prolongarmos nossa vida com saúde e força.

Grande abraço a todos.

Prof. Felipe Silveira Soncini - 002344/g – sc


Sobre o Bella Politica de Privacidade Política de Cancelamento Programa Afiliados Área do parceiro Imprensa Contato RSS

Preencha o endereço de e-mail utilizado no seu cadastro para receber sua senha