créditos: Getty Images

Como fugir do sedentarismo

Pesquisas recentes mostram que somos um país de obesos. Mais de 40% da população brasileira se enquadra na faixa de pessoas que está acima do peso - uma ironia para um país apaixonado por esportes, de clima agradável e tão cheio de praias, campos e outros lugares propícios para a prática de atividade física ao ar livre.

O sedentarismo é classificado como uma doença e atinge não só os brasileiros. É um mal que se alastra por todo o mundo, com índices realmente alarmantes em alguns lugares. Uma das principais causas do sedentarismo é a modernidade. Por causa dela, deixamos de fazer pequenas coisas e isso, com o tempo, nos deixa preguiçosos e cada vez mais desanimados para realizar atividades físicas.
 Seguem aqui alguns exemplos de simples gestos que lhe ajudarão a sair do da vida preguiçosa e sedentária.

•    Troque o elevador pelas escadas.
•    Levante do sofá para trocar de canal, esqueça o controle remoto.
•    Vá ao mercado ou a padaria a pé. Provavelmente são poucas quadras, deixe o carro na garagem.
•    Ande de bicicleta nos finais de semana.
•    Desça do ônibus alguns pontos antes e termine o trajeto a pé.
•    Brinque mais com seus filhos, corra, jogue bola, pule.
•    Passeie com seu cachorro, faz bem à saúde e eles adoram.
•    Faça mais sexo, é um excelente exercício e queima muitas calorias.

A falta de atividade física é a principal causa do aumento da incidência de várias doenças, como hipertensão arterial, diabetes, obesidade, estresse, ansiedade, aumento do colesterol e infarto do miocárdio. Segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde) a mortalidade é 30% maior entre pessoas que nunca praticaram exercícios físicos.

Os benefícios da atividade física para o corpo são inúmeros, como vocês já sabem, além de evitar doenças nos deixam mais alegres, animados para enfrentar o dia-a-dia, melhorar a qualidade do sono e aumentar nossa imunidade. Ainda não está convencido? Veja como a prática regular de exercícios físicos transforma seu corpo:

•    Cabeça: favorece o sistema nervoso central, responsável pela memória e pela aprendizagem.
•    Coração: melhora a circulação e a vascularização, controlando a pressão arterial e reduzindo os riscos de doenças cardiovasculares.
•    Pulmões: aumenta a capacidade pulmonar, melhorando a resistência respiratória.
•    Coluna: fortalece os músculos, protege a coluna e evita dores nas costas.
•    Quadril: fortalece a musculatura do glúteo, aumentando a estabilidade evitando lesões.
•    Joelho: tonifica a musculatura, evitando torções e sobrecargas durante a atividade.
•    Tornozelos: evita sobrecargas nos tendões, que estarão fortalecidos.


Seja pela falta de atividade física, pela má alimentação ou ainda ambos juntos, os números do sedentarismo são assustadores e fazem nos ligar o alerta. Mesmo assim, muitas pessoas deixam para amanhã o que pode ser feito hoje e acabam por adiar uma caminhada, a matrícula na academia ou a prática de qualquer outra atividade física. Comece e evite problemas que, no futuro, podem ser perigosos e chatos de tratar.

Procure uma atividade que seja prazerosa: pilates, dança, corrida, hidroginástica, musculação... as opções são inúmeras e tem para todos os gostos! Vamos mudar essa triste realidade que assombra nosso futuro, pois não queremos ver nossos filhos e netos vivendo em um mundo cada vez mais moderno e menos saudável. Inspire-se e mexa-se.

Siga nossas dicas e saia de vez do sedentarismo. Sua saúde agradece!



Ygor Bueno Barbosa


Sobre o Bella Politica de Privacidade Política de Cancelamento Programa Afiliados Área do parceiro Imprensa Contato RSS

Preencha o endereço de e-mail utilizado no seu cadastro para receber sua senha