créditos: Bella da Semana

Hipertensão Arterial

A hipertensão arterial, doença silenciosa, silenciosa pois raramente apresenta sintomas, também fará muitas vítimas nos próximos anos, juntamente com a diabetes e as cardiopatias. A pressão sistólica é a que apresenta o maior número e a diastólica a que apresenta o menor. É diagnosticado quadro de hipertensão quando a sistólica se encontra em 140 milímetros de mercúrio(mmHg) ou mais e a diastólica em 90 mmHg ou mais. Atualmente, por se ter verificado um número considerado de episódios comuns aos quadros de hipertensão, a pressão 120/80 já não é considerada tão interessante. Para que seja diagnosticado um quadro de hipertensão é necessário que se faça mais de uma medição. Aconselha-se no mínimo três vezes por semana, em dias alternados, em situação de repouso. A hipertensão vai minando aos poucos os vasos sanguíneos e os órgãos, gerando lesões graves, podendo acarretar em problemas cardíacos, acidente vascular cerebral, estreitamento das artérias e problemas renais. Pode parecer estranho, mas a esmagadora maioria dos casos de hipertensão as causas são desconhecidas. É a chamada hipertensão essencial, que não se consegue identificar a causa. A hipertensão pode ser causada por alterações hormonais, uso de medicamentos, alimentação inadequada, excesso de peso, predisposição genética etc. O que não parece existir dúvidas entre os especialistas, é que o estilo de vida influencia diretamente na pressão arterial. Nos paises desenvolvidos, aonde o sal e a gordura fazem parte da dieta diária da maioria, os casos de hipertensão possuem um aumento pra lá de significativo, potencializado pelo excesso de consumo de álcool, sobrepeso, tabagismo e sedentarismo. Somente, quando, a hipertensão passa a ser um risco de vida em potencial é que as pessoas se submetem a um tratamento sério. Por ser uma doença assintomática boa parte dos pacientes não toma a medicação de forma correta, ou pior, para de tomar a medicação por conta própria. Mais uma vez o papel dos exercícios físicos é fundamental na prevenção, redução e cura dos quadros de hipertensão arterial. Estar em forma significa pressão em níveis normais. É o que comprovam as pesquisas realizadas com crianças e adultos. Os indivíduos melhores preparados fisicamente têm a menor probabilidade de desenvolver a hipertensão arterial. É lastimável que, a esmagadora maioria das pessoas sejam sedentárias e, portanto, propensas a desenvolver a hipertensão e outros problemas associados. A construção de um adulto saudável começa na infância, portanto, retirar as aulas de Educação Física nos colégios, em meio a uma sociedade culturalmente sedentária, é colaborar com futuras estatísticas negativas. Mexa-se, nunca é tarde!

Flavio Sobierajski


Sobre o Bella Politica de Privacidade Política de Cancelamento Programa Afiliados Área do parceiro Imprensa Contato RSS

Preencha o endereço de e-mail utilizado no seu cadastro para receber sua senha